Pasteis de Nata

Álvaro Santos Pereira defende que a afirmação dos produtos nacionais é fundamental para a internacionalização das empresas portuguesas, pelo que sugeriu o franchising dos pastéis de nata.

O ministro da Economia defendeu hoje que o caminho para a internacionalização das empresas portuguesas passa pela afirmação dos produtos nacionais, dando como exemplo os pastéis de nata, que podem ser tão vendáveis “como os churrascos Nando’s ou os hambúrgueres”.

O ministro da Economia deu como exemplo a forte indústria de cogumelos produzidos no Canadá, “que são colhidos e exportados no mesmo dia para o Japão”, acrescentando que Portugal “tem falhado na estratégia de internacionalização dos [seus] produtos” e que, perante a situação de crise, “hoje é importantíssimo encontrar caminhos”.

in expresso

Devido a esta declaração, o ministro foi um pouco ironizado, mas o ministro tem razão quando falou que temos que apostar nos produtos portugueses, ele deu o exemplo pastéis de natal, mas pode ser alargado a muitos outros produtos.

A muitos anos que ouvimos os nossos políticos a falarem que nós temos de ser mais empreendedor, será mesmo?
Mais que empreendedores nós temos é que ser é inovadores, criar algo de novo, algo marque pela diferença.

E esta a principal ideia que tiramos da palavras do ser ministro, temos de ser diferentes

Mas antes de pensar em conquistar o mundo, o ministro devia começar a pela sua casa.

Partilhe:


Artigos Relacionados:

Categorias: *, Sem categoria
Tag: , ,