Cultura Livre

Hoje, reparei que no Windows XP, praticamente só tenho gratuitos ou/e Open Source, claro que tenho alguns não livres, aqueles softwares/driver que não necessários para o hardware funcionar.

Comecei a pensar o que me levou a mudar, à uns anos atrás tinha o PC cheios de softwares pirateado e agora apenas tenho um, não por utilizar mas sim por obrigação.
Certamente o principal motivo foi por ter entrado no mundo da Wikipédia.

Wikipédia não foi/é um sitio onde nós tentamos construir um conhecimento livre, ao fins de muitos anos torna-se uma filosofia de vida. O software opensource e Wikipédia são dois movimentos paralelos que se cruzam constantemente entre si, tem os mesmos ideais, ou seja, uma comunidade trabalha com um objectivo de criar algo e que depois o partilha gratuitamente para o mundo.

O único software pirateado que tenho é o CorelDRAW x4, e o engraçado é que é uma versão em polaco, é engraçado ver várias letras (além dos Ç) com virgulas por baixo. Apesar de eu não perceber uma única palavra de polaco, consigo-me orientar facilmente, porque desde da versão 9, eu não vejo uma alteração/melhoramento no CorelDRAW, além do aspecto visual , como na memória de RAM que utilizam. Esta versão x4 já tem como requisito mínimo 512MB de RAM, já estou a ver que neste portátil já não vou conseguir ter o x5. Também espero que daqui a dois anos ter um portátil novo.

Eu acompanho o CorelDRAW desde da versão 7, primeiro para fazer uns bonequinhos no tempo livres da escola, agora utilizo diariamente por motivos profissionais.

Eu não tenho qualquer problema e utilizar este software em polaco, porque a prática já é muita, são muitas horas, são anos a trabalhar num software que não sofre alterações. eu também uso pouco os menus dos corel já sei grande parte dos atalhos decore.

O motivo que me leva a dizer que sou obrigado a ter o x4 é que a Corel, e outras empresas que enriquecer à nossa custa, é que não se consegue abrir ficheiros de versões recentes em programas mais antigos e os poucos programas que convertem são bastantes fracos. Esta política monopolista das empresas que obrigam os profissionais a comprar sempre o software para estar actualizado, e já é hora de a União Europeia começar a multar estes rapazinho da mesma maneira que fez com a Micro$oft.

A outra grande vantagem dos softwares opensource é a sua evolução, a cada nova versão existem melhoramento e novas ferramentas, foi como aconteceu no Inkscape, esta nova versão que saiu à poucos dias, melhorou bastante em relação à ultima.

Primeiro comecei a instalar e a utilizar softwares livres no windows, mas tarde dei um enorme salto foi instalar linux no portátil, até à altura nunca tinha utilizado e não conhecia ninguém que tivesse, por isso, instalar foi um aventura, mas correu muito bem. E agora não quero outra coisa, bug como no windows nunca mais. Agora só utilizo o Windows para utilizar o AWB e para o CorelDRAW, é uma pena que o WINE não não consiga emular estes dos softwares.

Partilhe:


Artigos Relacionados:

Categorias: Inkscape, Linux
Tag: