Nem os padres escapam

O padre de Covas do Barroso, de 74 anos, que foi detido este fim-de-semana por suspeita de posse ilegal e tráfico de armas já está no Tribunal de Boticas para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial.

segundo o capitão Filipe Soares, não ofereceu resistência. “O sacerdote foi bastante colaborante. Inicialmente alegou que teria apenas uma arma e que estaria legal. Conforme foram surgindo as armas foi dizendo que teriam sido deixadas por herança ou que desconhecia a sua proveniência”, acrescentou

in Público

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *