About Screen

Foi anunciado o vendedor para o About Screen da Inkscape, um software opensource. Em relação versões anteriores, acho este um pouco mais fraco, a vector que vencei não era o meu preferido mas estava em segundo lugar.

Na minha opinião este era o melhor desenho, com um excelente design com muito simplicidade, algo que eu gosto de ver nos trabalhos.

No About Screen do Inkscape o melhor é sempre desenho mais elaborados, que mostrem a “potência” do programa, por isso acho que o vencedor foi bem escolhido.

Para aquela que gostam de ver umas boas obras vectorais, até aqui lista completa dos candidatos, algumas das propostas são mesmo idiotas, não ocorre outro termo para o descrever.
Já que falei da potência, este novo Inkscape 0.46 é brutal ( eu já tenho instalado no linux), a versão anterior eu já a considerava o melhor software de desenho vectorial do mercado. Nos próximos dias vou voltar certamente a falar deste software.

Síndrome de pequenez

Este vídeo, muito bem feito e totalmente realista, apesar da Microsoft ser uma das maiores empresa do mundo, em termos estéticos comporta-se como uma pequena empresa. No meu mundo profissional, isto caracteriza-se como Síndrome de pequenez, ou seja, a maior parte das pequenas empresas tem a mania de colocar tudo e mais coisa nos seu produtos publicitários, ficando cheio e cheio de palavreado, com tanto palavreado que ninguém se dá ao trabalho de ler. Não nada melhor que colocar apenas o logotipo da empresa em grande formato e com uma pequena frase e um contacto, ficando muito mais simples e elegante.

Festival Músicas do Mundo


Convite FMM
Upload feito originalmente por rei-artur

O FMM é talvez o maior acontecimento em Sines, pelo mesmo com mais divulgação nacional. Sines praticamente só aparece nos mídias, sempre pelo lado negativo, a poluição, os desastres e outros acontecimentos negativos.

Este FMM é bofetada de ar fresco na imagem de Sines a nível nacional e eu para manter esta imagem positiva vou deixar para mais tarde, a porta do castelo. este assusto vai merecer mais que um post, mas fica para depois.

Mas não queria deixar esta oportunidade para dar os parabéns ao gabinete de Design da Câmara Municipal de Sines, em especial para o Caetano, um trabalhador incansável, passei dias e noites a brincar e a vê-lo a trabalhar o esferovite. Foi uma das maiores influências pelo meu gosto pelo design.

Eu adorei o design deste ano do FMM, com cores bastantes vivas e apelativas, apesar que de ter gostado muito mais do desenho base do ano passado, mas a escolha da cor de fundo foi má. Mas se fosse feita a fusão entre o desenho base do ano passado com as cores alaranjadas deste anos ficava uma campanha brilhante.

Fica aqui o link para o fotoblog do FMM.

Nostalgia

Hoje sexta-feira 13, para não desvirtuar o dia foi péssimo, muitos azares, já estou como os espanhóis, “eu não acredito em bruxas mas que elas existem, existem”
Não só foi um dia que correu tudo mal, e ainda tive uma onda nostálgica, ao olhar para dois risco no bloco de papel, fez-me recordar os meus exames nacionais…

… eu acabava os exames nacionais sempre antes do tempo, apenas dava uma pequena leitura para corrigir os erros gramaticais devido à minha dislexia, tinha que colocar inúmeros “s”. Quando eu escrevo muito depressão a minha dislexia revela-se, “como” os “s”, ficando as palavras no singular e os verbos no plural.

Como eu acabava os exames cedo, passava o tempo a desenhar naquelas folhas A4 coloridas que nos eram dadas como folha de rascunho, em cada exame era uma cor diferentes. Quando tiver algum tempo tenho que ir procurar nos meus arquivos para ver como estão estes desenhos. Nessa altura eu estava na fase que eu lhe dei o nome de “Surrealismo Origami”, foi um época de transição passei dos surrealismo normal em 3D para um surrealismo em 2D, e não à melhor para demonstrar as 2D que uma folha de papel. Assim eu transformava em forma e figuras criadas por papel.

O nome surgiu no desenho e geometria descritiva, só deste exame eu desenhei varias páginas que os professores deram para me entreter. Porque não é fácil fazer um exames de 2 horas sem qualquer pausa, e eu acabei o exame em 45 minutos. eu foi mesmo muito rápido, era a disciplina que eu mais gostava e o exame era muito mais fácil que o exercícios que foram feito durante o ano lectivo. Na altura eu já não sabia como estar sentado naquelas cadeiras de madeira, doia-me tudo, e passei o tempo a desenhar.